quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Senador defende o chicoteio de presos

Reditário Cassol (PP-RO) defende o uso de chicote como forma de disciplinar os presos e criticou o auxílio-reclusão pago pelo governo federal às famílias dos presos. Para ele, "isso é facilidade para pilantra, vagabundo, sem-vergonha, que devia estar atrás da grade de noite e de dia trabalhar. E quando não trabalhasse de acordo, o chicote, que nem antigamente, voltar". O senador continua o discurso dizendo que as famílias das vítimas de presos não tem quase nenhuma assistência enquanto as famílias dos reclusos recebem uma ajuda maior que o salário mínimo.
Concordo com o senador que o auxílio pago é mordomia demais. Só não concordo em chicotea-los, têm é que trabalhar e ajuda-los a se inserir na sociedade novamente, saindo da cadeia com outra mentalidade, com perspectiva de mudança. Chicoteando só só vai ficar feia a coisa.
via

Nenhum comentário: