sábado, 15 de agosto de 2009

Woodstock - Três Dias Que Mudaram o Mundo

Há 40 anos atrás (15-16-17/08/1969), 500 mil pessoas foram curtir a melhor música do mundo em uma fazenda.
Um carinha chamado Michael Lang era o organizador da parada.No começo do festival deu uma entrevista dizendo que esperava 200 mil pessoas na fazenda em Bethel, nos três dias.Pouco depois esse número cresceu até que ninguém mais sabia quantos neguim tava ali no meio.
Até por volta da metade dos anos 60 os Estados Unidos já tinham sido berço de alguns pequenos festivais, geralmente dedicados a um só estilo.A única coisa GRANDE que tinha rolado por ali tinha sido o festival de Monterey dois anos antes.Mas desse lado de cá da América, foi inédito.
Controle policial nenhum na área.Drogas a vontade, tempestades típicas de verão, produção amadora, míseros 600 banheiros químicos e trânsito caótico.
Durante os três dias de evento, o relacionamento da galera que tava no show e os moradores das redondezas foi bem variado.Uns entenderam o clima paz e amor do pessoal, outros não cansaram de brigar por causa da sujeira e sei lá mais o que.Naquele mar de meio milhão de órgãos genitais, apenas 200 prisões.Basicamente por ofensas.
Diferença de até três horas entre um show e outro.Mesmo assim, os bicho grilo tavam todos esperando pacientemente, sujos e com fome.Esperavam não sabiam quem, a ordem das apresentações foi totalmente modificada e nem os próprios músicos sabiam quando iriam subir ao palco.Alguns dos que se apresentaram lá viraram protagonistas da cena musical de 1960, e que já tavam perto de conhecer o Velho Mestre lá no céu: Jimi Hendrix, Janis Joplin, Keith Moon e Jerry Garcia.
Mas Woodstock sem esses microscópicos imprevistos, não seria Woodstock :D
 
  
 Um doidão chamado Chip Monk,  encarregado de ser o apresentador do festival, anunciava para um homem entre todos que estavam ali para ir junto à organização que sua mulher tava dando a luz.E esse não foi o único baby que nasceu em Woodstock não.
Mudanças nas relações familiares, vindas do movimento hippie foram explicitas em WoodstockUm marco do festival foi o depoimento de um casal jovem que foi ao evento.Ambos viviam em uma comunidade.Diziam que se amavam mas não estavam apaixonados.Foram juntos pra fazenda porque era mais prático, mas não sabiam se estariam com outras pessoas quando acabasse o fim de semana.
Pra que dinheiro se o festival se tornou di gratis?
Se tavam distribuindo comida?
Se roupa era desnecessária?

Nesse espírito, queimaram 25 toneladas de erva...

Primeiro Dia

Richie Havens
Esse cara que parece um camelo era pra ser a quinta atração do dia de abertura do festival, foi chamado as pressas pra abrir o evento.Era a atração com menor número de equipamento (um violão).Subiu ao palco sozinho pra cantar por 20 minutos.Ficou TRÊS horas no palco....No improviso, fechou a apresentação Motherless Child e acrescentou a palavra "Freedom" no refrão.A música depois foi rebatizada com esse nome, e se tornou um dos marcos do festival e da carreira do negão.
PS: Dá pra ver a galera invadindo o local no fim do vídeo.
Swami Satchindananda
Depois de abençoar o festival, esse bicho grilo falou assim: "O mundo inteiro vai saber o que a juventude americana pode fazer pela humanidade".
Nem tem vídeo 'RUM.
pobre
 Country Joe McDonald
"Me dêem um F! Me dêem um U! Me dêem um C! Me dêem um K!".Há 40 anos gritar "FUCK" era o maior ato de rebeldia.Ainda with lyrics pra você acompanhar ^^ Duvido que tú nem pelo menos tente cantar junto com ele...
 John Sebastian
Esse esquisito ae foi pra Woodstock curtir os shows.No meio da confusão, de repente o chamaram pra tocar.
Sweetwater
Como decidiram ir a Bethel de ôimbus, enfrentaram um puta congestionamento e não abriram o festival.O show foi uma porcaria...
Bert Sommer
Foi escaladO (sim, é um homem) pro festival porque seu empresário tava na produção.Surpreendeu com uma versão de America , do Paul Simon, que não encontrei o vídeo.
 Tim Hardin
Melhor exemplo de decadência de drogas não há.Tava tão chapado que mal conseguiu segurar sua curta apresentação.
Também é pobre não tem vídeo.
Ravi Shankar
Debaixo de chuva e com uma banda que não tinha nada de Rock N' Roll, tomou de assalto o público de Woodstock, que descobriu que uma cítara poderia ser tão poderosa quanto uma guitarra.Sem vídeo ¬¬'
Melaine
Momento fofo do festival *-*.A cantora, queria embarcar pra Bethel com a mãe, perdeu o medo e se apresentou praquela platéia imensa.Quando cantou Beautiful People, encantou a todos.Nem tem vídeo.
Alto Guthrie
Meio doidão, não faz um grande show, mas no quesito hippismo, insuperável.
Sem vídeo.
Joan Baez
Pra fechar a noite acústica, Joan Baez, com uma sementinha de seis meses na barriga, deu o tom político ao festival.Aproveitou pra denunciar a prisão do marido, David Harris, vendo o sol nascer quadrado por fugir do alistamento militar."Eles acorrentaram seus pés e mãos, rasparam sua cabeça e tudo mais, e ele está levando tudo numa boa".
AMANHÃ
Segundo dia
Terceiro dia

Nenhum comentário: