quarta-feira, 15 de julho de 2009

Gato é acusado de provocar incêndio

As autoridades australianas estão investigando se um gato foi o responsável por ter provocado um incêndio em uma casa em Gold Coast.
A polícia suspeita que o felino tenha urinado em um laptop, o que provocou o fogo que destruiu a maior parte da casa, segundo reportagem do jornal australiano "Courier Mail".
Dois adolescentes, com idades entre 16 e 18 anos, estavam sozinhos na residência quando o incêndio começou. De acordo com o porta-voz da polícia, o fogo teve início em um dos dois quartos na parte de trás da casa de dois andares.
Os jovens disseram aos investigadores que tinham deixado o animal do lado de fora, mas, de alguma maneira, ele conseguiu entrar na casa e acabou urinando sobre o laptop, que estava em um dos quartos.



Nenhum comentário: