domingo, 18 de janeiro de 2009

Cabeleireiro em primeiro lugar...


Até mesmo se atropelar uma pessoa. Foi o que aconteceu nos Estados Unidos. A norte-americana Louise Davidson, de 77 anos, atropelou Matthew Clark, de 25 anos, que vinha em uma moto, mas continuou seu caminho, deixando a vítima ferida na rua, porque não queria perder a hora no cabeleireiro. A irresponsável foi presa por ter deixado a  cena do acidente e depois foi liberada por ter pago a fiança de US$ 3 mil. Pelo jeito, para ela estar com o cabelo arrumado é mais importante do que uma vida perdida. Que imprudente ¬¬

9 comentários:

tiu disse...

'

pela ft o cabelo dela ficou otimo nhe?
afinal de conta foi uma justificativa.

Eliude disse...

e não precisa ir muito long pra ver bizarrices como essa no trânsito...

Oitentando disse...

Putz é cada coisa que temos que ler!
Pelo visto ela não chegou ir ao salão!
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

TheoMoura disse...

Olha o Cabeelo da véeea!

Alexandre Silva disse...

Putz... se ainda fosse uma gostosa. Não, nem isso justifica, mas mete uma cana fudida nessa mulher...
O mundo que a gente tá é ótimo viu, neeeem...

Abraço
http://falandoprasparedes.blogspot.com/

felipemfelix disse...

A Cabeleira dela tá horrível!
Era mais fácil e segur por uma peruca, do que sair correndo pelas ruas pq tá atrasada...

Andréa Cristo disse...

Cadeia nela! Velha safada!

♥Anny♥ disse...

Se ela foi mesmo ao salão depois de ter quase matado o coitado,eu acho que o salão tava fechado,pq olha o cabelo dela...0o

Fernanda disse...

Inacreditável. Mas é cada vez mais comum. É um caso tão extremo que fica quase cômico, mas em escalas menores isso acontece todos os dias, conosco inclusive: alguém "passa por cima" do que o outro precisa em nome de uma necessidade própria. So sad...